Mensagem1

Dicionário da Cozinha da Bruxa

Nos primórdios dos tempos, para se protegerem e protegerem a magia, as bruxas mistificaram os nomes de seus ingredientes mágicos. Para tal, cada item ganhou um nome simbólico onde que somado a suas receitas, gerava o famoso enigma mágico.

Ato este que propagou por gerações e gerações a classificação no mundo cristão de que a magia simbolizava o mau, a manifestação demoníaca, o poder das sombras. Fator principal onde ao qual levou na “era das caças as bruxas”, o avassalamento em busca de cada anotação, cada instrumento que caracterizasse os tais nomes e obviamente intitulasse a cada ser, a sua dizimação, assim como a todos que por ele estivesse ligado.

Mas, nenhuma força teve o poder de reinar sobre nós, onde que nos dias atuais ganhamos mais fronteiras e voamos em um universo infinito de sabedoria e inspirações, aplicando com o poder da natureza a limpeza das larvas astrais - físicas e espirituais.

“Por assim dizendo, não importa o nome que utilizemos nem a magia que fazemos, porque somente aquele que pratica em seu universo o dom da transmutação do velho ao novo, das sombras a luz, é possuidor da magia e por ela reinará com as forças da Deusa em todas as suas faces e plenitude”.

cozinha da bruxa

Por: Valvett

NEWSLETTER