Encomendar
FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinRSS FeedPinterest
Deus Cornífero, Cernunnos, imagem Cernunnos, escultura Cernunnos, escultura Deus Cornífero, Deus fálico da fertilidade, Deus pagão, Rei do carvalho, Senhor das matas, Filho da Deusa, Consorte da Deusa, Armazém3Bruxas
Deus Cornífero, Cernunnos, imagem Cernunnos, escultura Cernunnos, escultura Deus Cornífero, Deus fálico da fertilidade, Deus pagão, Rei do carvalho, Senhor das matas, Filho da Deusa, Consorte da Deusa, Armazém3Bruxas Deus Cornífero, Cernunnos, imagem Cernunnos, escultura Cernunnos, escultura Deus Cornífero, Deus fálico da fertilidade, Deus pagão, Rei do carvalho, Senhor das matas, Filho da Deusa, Consorte da Deusa, Armazém3Bruxas deus4

Deus Cornífero

Ainda não avaliado Fornecedor Zulla & Art ImprimirE-mail

Nível de Estoque Atual:
0
Unidades na caixa:
1
encomendar.gif
  • Descrição
  • Opiniões

- Deus Cornífero - Caracterizado muitas vezes como um homem de barba, cascos e chifres. O “Deus Cornífero” é associado à "Caçada Selvagem", o “Senhor do Mundo Natural”, da “Força Animal e Vegetal”, Deus Fálico da Fertilidade, Guardião das Entradas e do Circulo Mágico, Deus Pagão dos Bosques, o Rei do Carvalho e Senhor das Matas, a Fonte da Vida. É o calor que rompe as sementes adormecidas, as trazendo para a vida. O vinho embriagante extraído das uvas. O grão vital que surge no campo. Os frutos viçosos que brotam nos galhos verdejantes nas tardes de outono.

A Colheita Perfeita!

Representante da morte e do renascimento possui a força do Sol e nessa ordem, nasce e morre todos os dias, emanando aos homens neste plano os mistérios da morte e renascimento, ao qual representa em seu ciclo a nossa existência. Segundo a tradição, Cernunnos nasceu da Deusa, cresceu e por ela se apaixonou se tornando “Consorte da Deusa” - A perpetuação da pureza, da raça e da hierarquia.

- O CICLO DA MORTE E RENASCIMENTO - Ao fazerem amor no verão a “Grande Mãe” engravida, e quando ressurge o inverno o “Deus Cornífero” morre, finalizando a gestação. Na primavera a Deusa dá à luz, originando o seu renascimento e caracterizando nesta ordem o equilíbrio da natureza: Verão (Vitalidade e Vigor), Outono (Envelhecimento), Inverno (Morte) e Primavera (Renascimento).

- SIMBOLOGIA -
O Chifre - Para descrever o reverenciamento a uma divindade de "chifre", partimos da premissa da arte wiccaniana ao qual nos remete ao período de 12 mil e 4 mil a.C, onde os chifres simbolizavam a honra e respeito entre os povos, exprimindo a força e a agressividade de todos os animais que compunham em suas cabeças o ornamento (chifre). Sabe-se que no período glacial, uma divindade era representada com chifres para demonstrar claramente o poder que o possuía. O “Chifre” desde os prelúdios, sempre foi a caracterização da realeza, da divindade, da fartura, da sabedoria, do conhecimento e da fertilidade entre os povos antigos. Considerando nesta ordem então, que o "Deus Cornífero" é o mais alto símbolo de realeza e poder. Junto com a Deusa, representam as forças vitais do Universo.

A Cobra - A representação da união dos poderes, o toque profundo no ventre da Terra, as precursoras do poder feminino que ora representada pelo Deus, simboliza a astúcia na arte da caça, a fertilidade e a união definitiva - Uma amálgama de polaridade, a união do poder natural, a conjugação de criar uma entidade nova e única.

O Torc - Caracteriza segundo a tradição a representatividade da Lua Crescente, o status, a nobreza, a riqueza, a conexão, a comunidade, a feminidade e os ciclos da vida.

- CELEBRAÇÃO - Celebramos o casamento dos Deuses no "Sabbat de Beltane". Data esta comemorada no dia 31 de outubro no Hemisfério Sul e 01 de maio no Hemisfério Norte. O "Beltane" é o mais alegre dos Festivais, cuja a celebração é a preparação para a chegada do Verão. Neste período o Deus atinge a força e a maturidade para se unir à Deusa e juntos trazem calor, luz e germinação às sementes da Terra que serão colhidas em Lammas. É a celebração a vida em todas as formas. Momento de equilíbrio da união entre os princípios masculino e feminino da criação, a união dos meios e de todos os poderes que trazem a vida à todas as coisas. [Por Valvett]

INFORMAÇÕES PRODUTO
ITEM NA EMBALAGEM: 01 Escultura artesanal produzida em Porcelana fria caracterizando o "Deus Cornífero", decorado com os símbolos mágicos de poder (Cobra - Torc).
PRODUTO
Estado do Item: Novo;
Material: Porcelana fria;
Cor: Marrom - Massa natural/Envernizada;
Dimensões: 10 à 12cm/alt;
Montagem: Peça única;
MÉTODO DE ENVIO
Sedex
Pac
INFORMAÇÕES/CUIDADOS
Limpeza: Utilizar pano úmido;
Não usar produtos alvejantes;
Secar imediatamente após a limpeza.
ENCOMENDAS FORA DO ESTOQUE!
Por se tratar de produtos confeccionados artesanalmente, valores referente a medida, cor e formato, poderão sofrer alterações.
Unidades na caixa:1
Ainda não há comentários para este produto.

NEWSLETTER