Encomendar
FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinRSS FeedPinterest
Guirlanda de Yule
Guirlanda de Yule guirlanda2 guirlanda3

Guirlanda de Yule

Ainda não avaliado Fornecedor Zulla & Art ImprimirE-mail

Preço de venda R$ 81,50
Preço base R$ 81,50
Desconto
Nível de Estoque Atual:
0
Unidades na caixa:
1
encomendar.gif
  • Descrição
  • Opiniões

Sabbat de Yule - O Solstício de Inverno acontece por volta de 21 de dezembro no hemisfério Norte e por volta de 21 de junho no hemisfério Sul. O Sol nesta época encontra-se em Nadir, por isso é a noite mais longa do ano. Segundo a tradição muitos pagãos celebram Yule com o “Festival da Luz” em louvação a Deusa como Mãe que dá o nascimento ao Deus Sol - a 'Criança da Promessa'. Outros celebram a “Vitória do Deus da Luz” (Rei do Carvalho), sobre o Rei das Sombras (Rei do Azevinho), pois a partir desse momento os dias se tornarão visivelmente mais longos com o passar do tempo, mesmo com frio. No Sabbat de Yule, é comemorado o retorno da luz, onde na noite mais escura e fria do ano, a Deusa dá nascimento à “Criança do Sol” e com Ele renascem as esperanças, com a vinda do calor e fertilidade à Terra. É o tempo de celebrar o Deus Cornífero - momento da despedida da Deusa e reverenciamento ao Deus, que governará a metade clara do ano. Para os antigos celtas, celebrar o Solstício de Inverno era o mesmo que reafirmar a continuação da vida, pois Yule é o tempo de celebrar o espírito da Terra, pedindo coragem para enfrentar os obstáculos e dificuldades que atravessariam até a chegada da Primavera. É o momento de contar histórias, cantar e dançar com a família, celebrando a vida e a união. O tema principal do Sabbat de Yule é a Luz em todas as suas manifestações, seja o fogo da lareira, seja de uma fogueira, de velas, entre outros. Em Yule , a Luz torna-se um elemento mágico capaz de ajudar o Sol a retornar para a Terra, para nossas vidas, corações e mentes.

- SIMBOLOGIAS - As cores tradicionais do Yule são o verde e vermelho, já que esse é um Sabbat que celebra o fogo (vermelho) e usa uma Tora de Yule (verde). Em Yule as casas são decoradas com azevinho, representando a metade escura do ano, para celebrar o fim da escuridão da Terra. Segundo as tradições antigas, pequenos bonecos de milho, que eram carregados de casa em casa com canções típicas de Yule. Os primeiros Pagãos acreditavam que esse ato traria as bênçãos da Deusa às casas visitadas. As residências nesta época são tradicionalmente decoradas também com as "Guirlandas" decoradas de azevinho e flores, simbolizando o convite aos Deuses para que adentrem e abençoem as famílias. Também era o momento ideal para colher o visco, considerado muito mágico para os antigos Druidas, que o chamavam de o “Ramos Dourado”. Os druidas acreditavam que o visco possuía grandes poderes de cura e possibilitava ao homem mortal se conectar ao outro Mundo. O visco é um dos símbolos fálicos do Deus e possui esse significado baseado na ideia de que as bagas brancas representam o "Divino sêmen do Deus", em contraste às bagas vermelhas do azevinho, semelhantes ao "sangue menstrual da Deusa". O visco representa a simbólica substância divina e o senso de imortalidade que todos precisam possuir na época de Yule.

Associada com a "Grande Deusa", a Árvore de Yule também é reconhecida neste Solstício segundo a tradição Wicca, pelo qual as famílias decoravam o interior de suas casas com a intenção de oferecer aos espíritos da Natureza um lugar confortável para permanecerem durante o frio do inverno. As luzes e os ornamentos, como Sol, Lua e estrelas que faziam parte da decoração das árvores, representavam os espíritos que eram lembrados no final de cada ano. Presentes eram colocados aos pés da árvore para as Divindades. Segundo as antigas celebrações, um pedaço de tronco era preservado preservado durante todo o ano e na data da celebração do Solstício era queimado e substituído por outro tronco, onde era ornamentado e guardado para proteger toda casa durante o ano que viria. Os troncos geralmente eram decorados com símbolos que representassem o que as pessoas desejavam atrair para suas vidas. A tradição da Tora de Yule perseverou até os dias atuais entre os Wiccanos, onde no ritual são acesas três velas nas cores: branca, vermelha e preta, simbolizando a Deusa Tríplice. A Tora de Yule também é decorada com azevinho sempre verde para simbolizar a união da Deusa e do Deus.

INFORMAÇÕES PRODUTO
ITEM NA EMBALAGEM: 01 Guirlanda para o Sabbat de Yule, confeccionada artesanalmente em papel machê e sisal, decorada em porcelana fria.
PRODUTO
Estado do Item: Novo;
Material: Porcelana fria,papel machê, Sisal;
Cor: Marrom;
Dimensões aproximadas: 24cm/diam;
Montagem: Peça única;
MÉTODO DE ENVIO
Sedex
Pac
INFORMAÇÕES/CUIDADOS
Limpeza; Utilizar pano úmido;
Não utilizar produtos alvejantes;
Secar imediatamente após a limpeza.
ENCOMENDAS FORA DO ESTOQUE!
Por se tratar de produtos confeccionados artesanalmente, valores referente a medida e formato, poderão sofrer alterações.
Unidades na caixa:1
Ainda não há comentários para este produto.

NEWSLETTER